O Aprontando Uma mudou,

agora se chama Casa do Brincar.

2 de ago de 2011

Super novidades em agosto

Estamos com novas atividades para as crianças. Muito, muito bacanas mesmo!

Segundas às 16h30; Terças às 10h30 e Sextas às 17h - Contos e brincadeiras com Luana de Lucca

Indicação etária: para quem tem de 8 meses a 3 anos

Contação de histórias com objetos, brinquedos, tintas e materiais inusitados seguida de oficina com atividades de arte e bagunça. Estimula o imaginário, o desenvolvimento da fala e leva a criança a explorar materiais e sensações a partir do sua percepção da história de cada oficina
Quartas, às 16h - Contos, cantos e brincadeiras com Daniela Boni

Indicação etária: para quem tem de 8 meses a 3 anos

Contação de histórias com música, objetos e dobraduras seguida de oficina com atividades artísticas. Estimula o imaginário, o desenvolvimento da fala e leva a criança a explorar materiais e sensações a partir do sua percepção da história, das músicas  e dos materiais produzidos a cada atividade.

Quintas, às 11h - Brincadeiras sonoras com Andréa Franco Schkolnick

Indicação etária: para bebês de 6 a 12 meses

A musicalização desenvolve naturalmente e de forma divertida as potencialidades da criança pequena. A comunicação e a fala, a percepção auditiva e os movimentos corporais são estimulados através do canto, da dança, da exploração de instrumentos musicais, movimentos e sons variados, num processo de despertar para um rico mundo sonoro. Com um material especialmente selecionado para a faixa etária e canções variadas (folclóricas, de roda ou criadas didaticamente), busca-se aflorar a curiosidade pela música e ampliar os recursos expressivos da criança.
Unindo sua formação em Psicologia e Música à sua experiência prática com crianças e bebês, Andréa desenvolveu esta oficina que tratará da música como mais uma possibilidade de desenvolvimento e expressão da criança .

Quintas, às 15h30 - Kempo indiano - com Mavu

Indicação etária: desde que começa a engatinhar até 3 anos

Com base nas artes marciais antigas, são observados os movimentos originais dos animais e da natureza e os caminhos para adaptá-los ao corpo humano. Brincando, as crianças experimentam estados de percepção não cotidianos. O rastejar da serpente, o rolamento do macaco, o salto do gato e o voo da águia, entre muitos outros, são oportunidades de expandir a habilidade motora e, ao mesmo tempo, despertar a força do instinto que está adormecida dentro de nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Related Posts with Thumbnails